Câmara Municipal de Engenheiro Coelho/SP

Projeto de doação de área para duplicação da SP/332 para a Rota das Bandeiras é rejeitado por unanimidade pelos vereadores, decisão visa evitar prejudicar a população local.

Rota das Bandeiras “entra pelo cano” com a Câmara de Engenheiro Coelho; projeto de doação de área para duplicação da SP/332 é rejeitado por unanimidade

Publicado em: 18 de setembro de 2019

Acostumada a “deitar e rolar” em cima dos municípios por onde as rodovias sob o domínio da Odebrecht passam com mentiras e muito transtornos aos usurários e populações locais, desta vez a concessionária Rota das Bandeiras “entrou pelo cano” e a história acabou sendo diferente.

Na sessão ordinária da Câmara Municipal de Engenheiro Coelho acontecida segunda-feira (09) entrou em votação o projeto de lei complementar Nº 019/2019, que autorizava a Prefeitura a doar à Rota das Bandeiras área do Km 164 até o Km 168 da Rodovia SP/332.

Por conta das desfeitas e da falta de compromisso dos representantes da concessionária com os vereadores de Engenheiro Coelho, aliado ao fato catastrófico que aconteceu em Conchal na duplicação até Tujuguaba, onde dezenas de sitiantes foram prejudicados, os vereadores decidiram rejeitar por unanimidade a proposta.

De acordo com o presidente da Câmara, João Batista Nunes Machado (PV), o conhecido João da Padaria, foram realizadas várias reuniões com os representantes da Rota das Bandeiras na tentativa de evitar prejudicar a população local, e nada foi resolvido“Eu e os vereadores Kenji e o Tonega tentamos por diversas vezes negociar com a Rota das Bandeiras uma forma que não prejudicasse a nossa população, principalmente a rural, mas eles foram taxativos e inflexíveis, não dando abertura para nossas propostas. Então todos os vereadores decidiram fazer igual com eles, dar o troco com a mesma moeda. Por isso que o projeto não foi aprovado”, explicou o presidente.


Publicado por: CÂMARA MUNICIPAL

Cadastre-se e receba notícias em seu email
Categoria: Informativo